The Avengers - RPG
HEY YO;
Estamos nos mudando para ESTE fórum. (100% nosso e ativado)

É membro?! Veja a MP de aviso.

O link do forum não aparece?! Tente esse: http://avengersthegame.forumeiros.com

[Ficha de Personagem] Charles Randall

Ir em baixo

[Ficha de Personagem] Charles Randall

Mensagem por Charles Randall em Seg 17 Set - 13:36

♠ Nome: Charles Randall.
♠ Codinome: Druida.
♠ Idade: 20 anos.
♠ Grupo: Heróis.
♠ Espécie: Mutante.

♠ Aparência do personagem: Apesar de não acredita nisso, as pessoas o classificam como “bonito”. Possui um belo par de olhos verdes e cabelos castanhos ondulados, que combinam perfeitamente com seu o seu típico sorriso tímido. Normalmente, anda com barba – não por falta de cuidado consigo mesmo, mas por achar que “cai bem”.

♠ Psicológico do personagem: Normalmente, tímido e sem energia durante o primeiro encontro e isso só muda com o passar do tempo – quando ele conhece as pessoas melhor e coisas assim – tornando-se uma súbita explosão de energia. Esse mesmo entusiasmo é que o rapaz demonstra em suas missões, sendo sempre curioso e sempre disposto a ajudar seus amigos. Leal até o fim, mas com um pequeno probleminha para controlar suas emoções – sendo facilmente influenciado por elas.

♠Poderes/Habilidades Sobre-humanas:
• Capacidade de lançar feitiços;
• Empatia com animais.


♠ Descrição de Poderes:

• Capacidade de lançar feitiços: Charles é capaz de executar magias que envolvem os elementos – além de habilidade de cura, proteção, ilusões e coisas do gênero. Normalmente é dito uma palavra ou frase em latim (ou alemão) para que eles sejam executados – sendo assim, é impossível executar qualquer feitiço mudo. Sua magia é classificada como “druídica”, uma magia pura e que normalmente é associada ao Wiccanismo – daí vem o seu nome como super-herói.

• Empatia com animais: É uma espécie de conexão entre o rapaz e os animais, normalmente por meio da telepatia - por onde Charles se comunica com os mesmos e vice-versa. Além disso, os animais se sentem mais a vontade próximo do mesmo e podem obedecer a comandos simples – como atacar um adversário – mas só farão isso se tiverem certeza que irão sobreviver após executá-la.


♠ Fraquezas:

Charles não tem controle algum sobre mortos-vivos e magia negra, sendo impossível cancelar qualquer maldição rogada por um bruxo das trevas – efeitos necromânticos, vampirismo e possessões demoníacas, por exemplo. Outra coisa, seus poderes são ligados a natureza, tornando fraco contra qualquer tipo de artefato tecnológico – e em decorrência disso, tornando vulnerável a ataques de tecnopatas. Sua “telepatia” só funciona com animais, tornando vulnerável a ataques com efeitos mentais – Em especial controle mental. É particulamente fraco contra mutantes velozes, devido a falta de preparo físico e a facilidade que o inimigo possui em se aproximar antes que magia adequada seja conjurada. Por fim, a utilização de feitiços é exaustiva, sendo assim, se o rapaz abusar de seus poderes pode acabar desmaiando.

♠ Equipamentos:
• Bastão de madeira com um pentagrama gravado na ponta;
• Nike, sua coruja de estimação.


♠ Afiliações: Ryan Randall, pai adotivo e professor de feitiçaria, desaparecido. Jonathan Randall, irmão de Ryan e atual mentor, vivo.

♠ História:

- Trap Vineae! – Berrei e agitei a mão direita na direção de um dos agressores. Meus olhos brilharam na cor lilás e uma aura da mesma cor dos meus olhos surgiu ao redor de minha mão, enquanto vinhas brotavam e prendiam suas mãos e pés – deixando-o completamente indefeso. Era impossível saber como era a aparência do meu agressor, pois usava uma máscara cobrindo o seu rosto, mas este aparentava ser completamente inofensivo sem sua arma de fogo – que estava um tanto longe dali, devido ao nosso combate.

Caminhei tranquilamente pelo beco sujo em que nos encontrávamos, enquanto um chuvisco caia. Os gatos que ali habitavam olhavam-me com grande expectativa, enquanto o meu agressor tremia de medo. Este não passava de um ladrão – um simples ladrãozinho meia boca que mexeu com o cara errado, na hora errada –, mas eu não conseguia parar de associá-lo ao tipo de pessoa que eu desprezava e, por mais que tentasse, eu nunca conseguia parar de relembrar da época em que eu e meu pai vivíamos felizes em nossa casa próxima da floresta e como tudo isso acabou porque algum engraçadinho resolveu que era hora de volta a atormentar o meu pai.

Cada passo durava uma eternidade e flashbacks iam e vinham em minha cabeça. As aulas que tinha com meu pai e as vezes que ele me advertia sobre um culto sombrio de magos, o dia em que eu descobri o meu dom de comunicação com os animais e os dias felizes que eu e meu pai passamos em nossa casa, os sorrisos, os abraços... Enfim, isso não importava mais. Ryan Randall, meu pai, sumiu há aproximadamente três anos, enquanto procurava pelo inimigo que havia destruído nossa casa e que havia ameaçado a nossa paz – e em três anos, tudo o que eu consegui pensar era em manter o legado do meu pai vivo. Devido a isso, passei a atuar como super-herói nas horas vagas, tendo como base a casa do meu tio – Jonathan Randall. Mas, como qualquer pessoa, eu ainda tinha que lidar com homens como esse – afinal, nenhuma selva se compara a selva de pedra que os humanos habitam.

Finalmente fiquei cara a cara com o homem – chorava enquanto rezava, implorando por piedade a um ser puro como o Deus do culto cristão. Acenei mais uma vez e as vinhas tornaram-se mais fortes – zerando qualquer expectativa daquele homem fugir.

- Não precisa rezar. Não tenho a menor intenção de matar um ser como você. Vou deixar você pensando um pouquinho na sua vida... No seu lugar de direito. – Meus olhos voltaram a brilhar e aura lilás de energia voltou a surgir ao redor de minha mão direita. – Ventus auxilio clamabo... Brisas, hoc suscitavit neglegenda est. Levitate! – No mesmo instante, uma brisa invadiu o local, ergueu o ladrão – ainda preso – e o guiou para onde minha mão apontava: uma imensa lata de lixo, derrubando-o lá. – Você deve ficar ai até que uma alma caridosa faça o favor de tirar. De qualquer forma... Fiquem de olho nele pra mim, ok? Não deixem que ele fuja. Façam-no esperar a ajuda. – Disse-lhe e um longo “meow” pode ser ouvido em resposta – os gatos estavam esperando a minha despedida para responder e advertir o ladrão. – E lembre-se... Estou de olho em você. – Então, comecei a voar com outra invocação da magia do vento. Abandonando o ladrão aos cuidados dos gatos.




Última edição por Charles Randall em Ter 18 Set - 19:01, editado 1 vez(es)

▂ ▃ ▄ ▅ ▆ ▇ █ ▇ ▆ ▅ ▄ ▃ ▂

Charles Druid Randall
[ Mutant| Mage| Romantic Fool| FP ]
avatar
Charles Randall
Herói
Herói

Alcunha : Druida

Ficha na S.H.I.E.L.D
Habilidades: Capacidade de Lançar Feitiços e Empatia com Animais
Level: 1
Equipamentos:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Ficha de Personagem] Charles Randall

Mensagem por Amy Di Valerie em Ter 18 Set - 22:23

Muito Bem, Ficha Aprovada!
Divirta-se e Boa Sorte

▂ ▃ ▄ ▅ ▆ ▇ █ ▇ ▆ ▅ ▄ ▃ ▂

∞ A guerra entre o bem e o mal vive dentro de cada um de nós
                                  Vence  aquele que você alimentará! ∞





Legenda
Narração/Ação
-Fala-
"Pensamentos"/"Pensamentos"#1C1C1C / #EEE9E9
~Poderes~

*Outros*
avatar
Amy Di Valerie
Administrador
Administrador

Alcunha : Sombra
Power Force : 75
Experiência : 2
Idade : 30
Terra Natal : Nova Iorque
Ocupação : Minha ou deles?

Ficha na S.H.I.E.L.D
Habilidades: Absolvição de Espíritos/Almas, Explosão de Espíritos e Umbracinese
Level: 1
Equipamentos:

Ver perfil do usuário http://sweetgloomy-rp.tumblr.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum