The Avengers - RPG
HEY YO;
Estamos nos mudando para ESTE fórum. (100% nosso e ativado)

É membro?! Veja a MP de aviso.

O link do forum não aparece?! Tente esse: http://avengersthegame.forumeiros.com

Ficha Brandon Wattson

Ir em baixo

Ficha Brandon Wattson

Mensagem por Brandon Wattson em Dom 3 Fev - 13:29

Imagem:

Nome: Brandon Wattson

Codinome: Mephisto

Idade: 19

Grupo: Independentes

Espécie: Mutante.

Aparência do personagem: Um homem palido, Olhos claros e cabelos pretos

Psicológico do personagem: Uma pessoa, aparentemente não tem emoções, geralmente tem surtos psicológicos, onde apresenta diversas personalidades.

Poderes/Habilidades Sobre-humanas: Vincular ilusão com realidade. e Umbracinese

Descrição de Poderes: Usa sua mente para imaginar objetos, pessoas ou lugares, criando ilusões, mas em ponto critico o garoto pode dar vida, forma e corpo a essas ilusões. Para entender, basta pensar em um sonho, no qual você sabe que está sonhando. Por isso tem certo controle sobre ele, mas no geral sua mente que cria tudo, eu posso controlar minha imaginação, mas o subconsciente pode interferir nos meus poderes igual à um sonho, mudar a forma de objetos que existem entre outras coisas.

Equipamentos: Baralho de cartas. Nenhum

Fraquezas: Tem mente frágil sucessível a pressões psicológicas , não consegue controlar a própria mente por inteiro, podendo imaginar coisas que não quer ver.

Afiliações: Jason.

História: Imaginar sempre fez parte do crescimento de qualquer criança, até para o pequeno Brandon, aos 6 anos ele criou seu primeiro amigo imaginário “Jason” era um garoto que sempre usava a mesma camisa azul e o mesmo jeans o dia inteiro, morava em uma cidade esquecida no meio a um deserto no Arizona, era uma cidade típica, com pessoas simpáticas, Brandon e seu amigo Jason moravam perto da escola, não tem nada de errado em uma criança imaginar, quando dormia Brando voltava para seu mundo, era como uma sala branca infinita, onde ele e Jason pintavam e faziam aparecer coisas no ar, Brandon se encantava com Jason. Ele criava jardins, pássaros, o sol brilhava, borboletas, flores, abelhas, tudo com tantos detalhes. Com 9 anos Brandon ainda imaginava coisas, mas isso não estava ficando melhor, tudo o que ele via era diferente, sua visinha jogando água nas plantas, ele consegui ver as flores rindo enquanto a senhora enchia as xícaras em suas mãos, como um chá da tarde, Jason achava tudo muito engraçado, mas existia uma casa sinistra no fim da rua, uma casa velha, com a madeira cinza, e tudo o que se via era alguém na sala vendo TV, nenhum dos garotos se atreveu a chegar muito perto, era tudo muito perfeito até que as coisas ficaram um pouco exageradas, o pobre garoto começou a se perder. Aos 10 anos todos conseguiam ver Jason, ele não estava mais sozinho tinha um irmão de verdade, amigos da escola, vizinhos, até seus pais, falavam com Jason, seu amigo imaginário agora era seu irmão, não podia parar por ali, Brandon começou a imaginar e seu mundo ficava cada vez mais parecido com seus sonhos, uma dor de cabeça começou a atormentar o garoto, algumas vezes ele começava, depois ia embora, Brandon resolveu ignorar. Aos 12 anos, Brandon não sonhava mais, ele so lembrava apenas de fechar os olhos e acordar em um novo dia, flores sorriam, pássaros falavam, o intervalo durava horas, as aulas eram divertidas, Jason e Brandon estavam se divertindo, todos estavam, aventuras incríveis, monstros estranhos visitavam sua cidade, e sua dor de cabeça piorava cada vez mais. Até que Brandon fez 14 anos, era mais um dia na sua vida perfeita, Brandon abre os olhos em sua cama, o quarto azul, com seus moveis, ele sai do quarto e desce as escadas, entrando na cozinha se encontra com seus pais e Jason que estavam acordados, viu o café da manhã pronto e se juntou a eles, saindo de casa, Brandon nunca parou para perceber que não trocava de roupas, ou tomava banho, estava sempre limpo e suas roupas trocadas, estava na escola, quando uma dor de cabeça forte o deixou tonto, quando isso aconteceu o garoto ouviu um barulho estranho. Jason correu até Brandon e disse.

-Temos quer ver o que aconteceu.

Os dois correram e quando passaram pela porta da escola, estava no centro da cidade, viram 2 pessoas estavam vestindo preto, elas se viraram, era um homem moreno de cabelo arrepiado e uma mulher de cabelos loiros, os dois estavam de óculos, ao nos ver o homem corre até nós, não tive reação alguma, mas Jason fez um gesto com a mão vários espinhos saíram do chão, ele pulou para trás.

-Vai ser complicado. Comentou olhando para a mulher.

-Temos que achar o corpo verdadeiro. Respondeu.

Os dois saíram correndo, Jason estava com raiva, dava para ver em seus olhos, o céu ficou escuro, uma chuva forte começou a cair, Brandon o vi correndo na direção deles, a cidade ficou diferente, corredores estranhos, agora estava um labirinto, as casas viraram paredes de pedra, o céu escuro, Brandon estava assustado, corria pelos corredores até que se encontrou com a mulher, ela o imobilizou em poucos segundos e perguntou.

-Onde está o corpo?

Que corpo? Não sei de nada, por favor. Respondeu.

Ela continuava andando segurando Brandon pelo braço, Brandon so queria sair dali, os corredores ficaram mais abertos conforme ele pedia para sair e logo estavam na saída, seguidos pelo amigo da Mulher.

-Quem são vocês? Perguntou Brandon.

-Somos agentes da S.H.I.E.L.D

A mulher não falou mais nada depois disso, no fim do labirinto estávamos de frente para a casa sombria, a mesma luz da TV ligada pela janela, fomos andando em silencio para a casa, a mulher abriu a porta, e la dentro estava Jason, ao nos ver ele gritou de raiva, a casa pegou fogo, o chão tremia, Jason se transformou em uma criatura horrenda, algo parecido com um homem com corpo de serpente e asas, ele investiu contra o homem que conseguiu conte-lo, a mulher se jogou e fez algo que me pareceu inútil, ela puxou a tomada da TV, ao tocar no corpo tudo ficou escuro, era como desmaiar, mas agora estava acordando, abri meus olhos e vi apenas eles, eu era a pessoa sentada na frente da TV, olhei para eles sem entender.
-Então é verdade. Falou a mulher.

-O que aconteceu? Perguntei.

-Ouvimos boatos sobre as ruínas de uma cidade, que criou vida depois de tantos anos.

A mulher falava, mas eu não acreditava nela.

-Essa cidade foi destruída em um ataque terrorista, não houveram sobreviventes, mas a noticia se espalhou que todos estavam vivos, mas ninguém conseguia entrar na cidade.

Continuou o homem.

-Você deveria ser muito jovem quando aconteceu, isso foi há quase 20 anos atrás. Falou a mulher.

-Não pode ser, eu fiz 14 anos mês passado, vocês estão mentindo! Gritei.

-Você reconstruiu essa cidade, usando suas lembranças, deu vida a todos e isso foi apenas seus poderes, esses últimos 20 anos, foi o tempo que você passou aqui, deu vida aos seu sonhos, mas aquilo não era real.

Minha vida não era real, todos que conheci estavam mortos, eu não conseguia acreditar, estava tudo confuso, o chão voltou a tremer, a casa pegou fogo, a mulher botou uma de sua mãos na minha cabeça e tudo ficou escuro novamente.

Acordei em uma sala branca assim como nos meus sonhos, mas eu estava usando uma camisa de força, um homem entrou na sala, ele vestia roupas de medico, sentando na minha frente ele fala.

-Sabe porque está aqui?

Acenei a cabeça negativamente.

-Você é perigoso, analisamos suas habilidades, é uma forma avançada de projeção mental, ilusionismo como podemos definir, mas sua aplicação matéria da forma solida para as projeções mentais é algo especial, ou seja, você pode transformar ilusões em realidade.

Não sabia o que responder, apenas continuei ouvindo.

-Seus últimos anos foram apenas ilusões.

Ao aceitar isso como verdade, lembrei que não havia saído daquela cadeira por todo esse tempo, minha pele começou a secar, não havia comido, bebido, meus ossos ficaram fracos, nada daquilo existiu, ele olha em meus olhos, e começo a voltar ao normal.

-Isso é perigoso até mesmo para você, eu vou manter viva a lembrança de todos os momentos que você comeu, bebeu, para que isso não lhe mate, uma mente sensível a lembranças e pensamentos como a sua é muito frágil a poderes mentais.

Uma revolta me abate, por que isso tinha que acontecer comigo? Eu só queria uma vida normal, sentimentos confusos, e o mesmo acontecia há minha volta, as paredes se transformavam em coisas diferentes, como uma mistura de materiais, tudo estava distorcido, deformado, o homem segura meu rosto e simplesmente tudo desaparece, eu não pensava em nada. Ele chama mais duas pessoas, eles conversam entre si enquanto eu permanecia como um boneco.

-Esses sentimentos são perigosos, essas lembranças, tudo isso pode comprometer a nossa segurança, sugiro uma lavagem cerebral, vamos apagar tudo na mente dele, criar apenas lembranças de comer, beber, para manter ele vivo, vamos limitar as habilidades dele usando a lavagem cerebral, se ele não saber exatamente o que quer ele não vai conseguir usar seus poderes, com o tempo vou deixando as habilidades dele se fortalecerem tirando esses bloqueios.

O homem que entrou fala.

-Porque o caha tão perigoso, é só um garoto.

-Que pode virar sua cabeça ao contrario, se imaginar que seria melhor assim. Respondeu rapidamente.

O homem olha para mim e fala friamente.

-Faça-o.

Nos deixando sozinhos novamente, ele segura em meu rosto e eu começo a esquecer, minha casa, meus pais, a escola, tudo era tirado como um filme voltando do começo, tudo fica escuro, e agora eu lembrava de uma vida nova, uma vida em um quarto branco, onde eu comia, bebia, e ficava sentado o dia todo, lembro de ver algumas fotos, e de treinos com o Dr. Christopher, para controlar a materialização de objetos, mas uma pequena parte de mim ainda se lembrava de tudo, Jason, mas ele estava no fundo da minha mente, de onde jamais saiu, passaram-se quase 4 anos quando finalmente me deixaram sair da sala branca, com isso descobri que tenho um poder classificado como Umbracinese, ele não se manifestou antes pois estava sempre com a mente ocupada em uma unica habilidade, passei algum tempo treinando minhas habilidades, o Dr. Christopher usava um treino com varios jogos de cartas, para que eu conseguisse imaginar de maneira controlada as imagens nas cartas, era uma distração muito boa, acabei pegando uma certa afinidade com essas cartas, algumas tinham lugares, outras animais comuns, mas outras tinham criaturas imaginarias, mas de qualquer maneira eu conseguia imaginar miniaturas lutando enquanto jogavamos, aos poucos ele foi foi inserindo essas imagens na minha mente, muito tempo depois com quase 20 anos a Shield me deixou viver em sociedade, como presente o Dr. me deu o baralho que costumava jogar, não era considerado um perigo muito grande para a sociedade, mas claro ainda estava sob vigilância.
avatar
Brandon Wattson
Independente
Independente

Alcunha : Mephisto
Idade : 22
Terra Natal : Não digo.
Ocupação : Não digo.

Ficha na S.H.I.E.L.D
Habilidades: Vincular Ilusão com rRalidade e Umbracinese
Level: 1
Equipamentos:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ficha Brandon Wattson

Mensagem por Noxadm em Ter 5 Fev - 14:47

FICHA APROVADA

▂ ▃ ▄ ▅ ▆ ▇ █ ▇ ▆ ▅ ▄ ▃ ▂


"....O tempo cura tudo.....Mas, o que cura o tempo?....."
avatar
Noxadm
Administrador
Administrador

Idade : 2017
Terra Natal : Desconhecida....
Ocupação : Moderar forum

Ficha na S.H.I.E.L.D
Habilidades: Manipulação do Espaço e Tempo e Alteração da Realidade
Level: 10
Equipamentos:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum